inocima.com

Waiting for Superman até Nova Iorque

Waiting for SupermanEstou escrevendo isto dentro do vôo para Nova Iorque, onde faço conexão para chegar ao meu primeiro destino que é Buenos Aires. Logo depois que chegar lá terei uma reunião marcada, por isso meu plano é ficar acordado direto até Nova Iorque e capotar no trecho até Buenos Aires e chegar descansado. Estou armado com cafeína e uma lista de filmes, já assisti The Social Network (que achei bem interessante pois esperava algo muito mais caricatural) e RED (comédia e ação que tem poucos ótimos momentos, mas que cumpre o papel de entreter).

Acabei de assistir ao terceiro, Waiting for Superman, um ótimo documentário sobre o sistema educacional americano, suas falhas, soluções que foram encontradas, a resistência à mudanças, a luta contínua por parte dos que acreditam que é possível promover mudanças.

O filme foi muito interessante por diversas razões, a primeira pelo fato de que agora eu tenho um filho (e em breve terei uma filha) e a educação deles é uma das minhas prioridades. Mas depois de ver este filme senti que o meu nível de preocupação, a atenção que eu tenho dado, talvez não seja suficiente.

Achei muito interessante os comparativos e as estatísticas, vou tentar correr atrás dessas informações sobre o sistema educacional Japonês, pois as chances dos meus filhos continuarem no Japão são maiores no momento.

Vendo pelo lado de uma produção cinematográfica, pude sentir o poder do documentáro em chamar a atenção das pessoas para uma causa. Porém, o que mais me chamou a atenção desta vez foi que não só o problema e possíveis soluções foram levantados, mas também o histórico do problema, as soluções que foram tentadas, as soluções que comprovadamente funcionam, porque elas não são implementadas, enfim, o menu completo.

Mesmo que eu nunca filme nada, acredito que sirva de referência de como comunicar as pessoas para colaborarem para resolver um problema comum. Como mostrar para as pessoas a gravidade de um problema e as consequências caso nada seja feito. Como deixar claro o risco que é não tentar mudar nada em algo que não está mais funcionando, apenas para proteger os envolvidos e manter o status-quo.

Agora estamos sobrevoando o Mount McKiney, me restam 5h para chegar em NY e vou para meu quarto filme…