inocima.com

O grande segredo do WCS…

WCS 2011 Winners Mauricio Monica SomenzariEste post é voltado especificamente para os cosplayers brasileiros.

Antes de tudo deixe-me apresentar, eu sou Igor Inocima e trabalho para a Editora JBC representando a empresa no Japão. Desde que negociei com a TV Aichi a participação do Brasil em 2006, venho apoiando os representantes brasileiros aqui no Japão. Devo ser um dos que mais conhece sobre a organização evento no Japão.

Como parte da organização eu fiquei muito feliz com a vitória dos irmãos Mônica e Maurício Somenzari no WCS, o maior e mais tradicional campeonato internacional de Cosplay do mundo. Agora eles são os únicos bicampeões mundiais deste concurso!

Foi a terceira vez que o Brasil conquistou a posição de melhor apresentação de Cosplay no mundo, no final em 6 participações o Brasil ganhou 3 vezes! Algo que somente os cosplayers brasileiros podem se orgulhar. Eu pelo menos estou super feliz em subir novamente no palco com eles.

Eu imaginei que a repercussão entre os praticantes do hobby seria muito bom no Brasil, o que de fato ocorreu, com muitas pessoas parabenizando a dupla e felizes com esse resultado.

Porém notei algumas críticas, que acredito serem resultado da falta de compreensão sobre pontos muito básicos do WCS. Muitas pessoas aparentemente ainda não entendem o que é a essência do WCS, quero esclarecer isso de uma vez por todas.

Primeiramente vamos analisar o que aconteceu neste ano, neste ano a roupa linda e impecável foi a da Austrália, eles levaram merecidamente o título de melhor roupa (colocação geral 3o.). Já o novo prêmio de peruca linda e impecável ficou com a Holanda (colocação geral 16o.).

Já deu para entender não? Se ainda não ficou claro vou então revelar O GRANDE SEGREDO DO WCS! Uma roupa (e peruca) linda e impecável não são suficientes para ganhar o campeonato!!

Não importa o quanto você gastou em tecidos ou quantos meses você gastou bordando manualmente a sua roupa! Na minha opinião essa é a grande graça do evento, é possível que uma dupla que gastou 100 dólares em 1 mês de preparo pode ganhar de outra que gastou 1000 dólares em 10 meses.

Na verdade, depois de 6 participações do Brasil, o que eu não acredito é que alguém ainda não tenha percebido isso… Eu esperava que as pessoas já estivessem analisando o que dá certo e o que dá errado? o que funciona e o que não funciona? o que os juízes dão valor e o que não dão?

Mas você sabe afinal o que é o WCS?

O WCS (World Cosplay Summit) é uma competição internacional de performances de cosplay em duplas, organizado por uma TV japonesa.

O que isso quer dizer?

1. PERFORMANCE significa que não é um campeonato de fotografia, nem um desfile na passarela. Mesmo que você seja um clone do personagem, se não conseguir colocar uma apresentação interessante, você não vai ganhar o WCS.

2. COSPLAY significa que é 50% roupa e 50% interpretação. A roupa é importante, mas o objetivo é convencer encarnando o personagem, ou seja a sua presença de palco, o seu desempenho como ator conta muito, tanto quanto a sua aparência final. (Na verdade acho que um dos grande diferenciais dos vencedores neste ano foi a interpretação.)

3. DUPLAS significa que a interação e a sincronia entre os dois representantes é algo que é importante, ou seria uma competição individual.

4. TV significa que o importante é o que pode ser visto nos 3 minutos de apresentação. O público alvo também não são os cosplayers, e sim o público em geral, assim os pontos que eles valorizam são outros. Os juízes eleitos também refletem isso.

5. COMPETIÇÃO utilize os seus recursos disponíveis da melhor maneira para ganhar os juízes. Não gaste seu dinheiro com materiais nobres (a não ser que você esteja atrás do título de melhor roupa e tenha dinheiro sobrando), também não perca tempo fazendo o forro da sua jaqueta se isso não for aparecer. Esse tipo de obsessão com detalhes te dá moral com os outros cosplayers, mas felizmente não necessariamente com os juízes. Porque os vencedores foram Brasil, Itália e China? O que será que eles têm de comum?

Meu ponto de vista: Você tem que ter ótimo cosplays, porém não se apegue demasiamente à roupa. Os países do 1o. mundo são muito mais ricos, e sinceramente a variedade de material e tecido que eles tem disponível é várias vezes da que existe no Brasil, ficando difícil brigar nessa frente. Use a criatividade para criar uma apresentação impactante e inovadora, afinal esse não é o diferencial do Brasileiro?

O meu objetivo é que mais cosplayers participem do WCS no Brasil, o nível fique ainda mais alto e o Brasil seja eternamente o favorito ao título, enfim fazer com que mundialmente o cosplayer brasileiro seja tão famoso quanto o jogador de futebol. =D